União dos Dirigentes Municipais de Educação do Estado do Paraná

IDEB: Paraná avança no Ensino Fundamental

IDEB: Paraná avança no Ensino Fundamental

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) divulgou, na manhã de hoje (15/9), os resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) referentes à edição de 2019. O desempenho dos estudantes paranaenses melhorou e o estado conseguiu superar a meta projetada para os anos iniciais e alcançar a meta dos anos finais do ensino fundamental.

O IDEB é calculado a partir de dois componentes: a taxa de aprovação escolar (obtida por meio do Censo Escolar) e a média das notas obtidas pelos alunos na Prova Brasil (aplicada no 5º ano do ensino fundamental) ou no Saeb (aplicado no 9º ano do ensino fundamental e no 3º ano do ensino médio).

Nos anos iniciais do ensino fundamental, o IDEB paranaense passou de 6,3 em 2017 para 6,4 em 2019. O resultado ficou 0,1 pontos acima da meta projetada para o ano passado, que era de 6,3.  Aproximadamente 76,3% dos 399 municípios paranaenses conseguiram atingir suas metas nesta fase da educação básica.

Já nos anos finais do ensino fundamental, o IDEB paranaense subiu de 4,7 em 2017 para alcançar a média projetada de 5,1 em 2019.   Nesta fase da educação, 36% dos municípios paranaenses conseguiram bater suas metas.   

“Eu gostaria de parabenizar todos os dirigentes e técnicos das secretarias de educação, bem como os diretores, coordenadores, pedagogos e professores das escolas por mais este avanço registrado na educação. Nós sabemos que construir um ensino público de qualidade não é tarefa fácil, mas o Paraná tem conseguido avançar graças ao empenho de cada um de vocês,” afirmou a presidente da Undime-PR e dirigente municipal de educação de Apucarana, Marli Fernandes.

Os municípios paranaenses que obtiveram as melhores pontuações na atual edição do IDEB, nos anos iniciais do ensino fundamental, foram Janiópolis (8,8), Serranópolis do Iguaçu (8,5), Atalaia (8,3), Boa Esperança (8,3), Sertaneja (8,1), Bom Sucesso do Sul (8,0), Floraí (8,0), Pitangueiras (7,9), Nova Londrina (7,8), Joaquim Távora (7,7), Paranavaí (7,7), Apucarana (7,6), Mandaguari (7,6), Cruzmaltina (7,5), Enéas Marques (7,5), Marilena (7,5) e São Jorge do Ivaí (7,5).  

“Entretanto, é importante ressaltar que não se trata de um ranking. Os municípios têm realidades diferentes que precisam ser levadas em conta quando analisamos os dados do IDEB. Por exemplo, algumas localidades são mais populosas que outras e, consequentemente, têm um número maior de alunos matriculados na rede pública. A questão fundamental, que precisa ser comemorada, é que a maior parte dos municípios vem conseguindo superar suas metas ano após ano,” concluiu a presidente Marli Fernandes.